Chegaê!

Seu portal de notícias, dicas e variedades




COMO PLANEJAR A VIAGEM DE FIM DE ANO?


Por renata | 27 de abril de 2013 | Publicado em: Viagens

COMO PLANEJAR A VIAGEM DE FIM DE ANO? – A necessidade e o merecimento de uma viagem de fim de ano, após meses de dedicação e trabalho, só fazem do planejamento correto ser mais e mais importante. Toda a expectativa de um tempo de descanso, todos os dias nos quais trabalhávamos sonhando com uma sombra de tranquilidade, tudo isso tornaram sua viagem tão necessária que o próximo ano não começaria sem ela. Mas, para que ela realmente seja seu tempo de descanso, para que suas energias sejam completamente carregadas, o planejamento durante o ano deve ser impecável. E não sonhamos com uma viagem sem imprevistos: planejamos os imprevistos para que sejam remediáveis.

COMO PLANEJAR AS FERIAS DE FIM DE ANO

O planejamento básico é praticamente automático. Digitamos o ano inteiro pensando em praia, telefonamos lembrando o vento das montanhas, buscamos durante as reuniões paisagens que nos tranquilizem. Por isso, o tema básico da viagem é decidido inconscientemente. Mas o planejamento seguinte é mais complicado e requer também uma dose extra de preocupação. Digamos que trocamos a decepção de um problema por algumas horas de preocupação eficaz. Alguns pontos essenciais merecem mais atenção e sempre um plano B: transporte, estadia e dinheiro. Sobre o primeiro, mesmo estando reféns de vôos atrasados e companhias aéreas confusas, é sempre bom considerar a partida alguns dias depois, e a volta alguns dias antes. Mais uma vez, imprevistos planejados não causam complicações.

A estadia também é um caso à parte. Pode ser muito bem planejada durante todo o ano, mas só pisando no quarto e deitando na cama do lugar, que conheceremos onde vamos passar nossas noites inesquecíveis. E não são poucos os relatos de viajantes e turistas que se decepcionam com a estadia, ou até são enganados pelo telefone e e-mail, com promessas e fotos falsas. Assim, sempre procure um outro lugar próximo que possibilite uma mudança rápida. Por insatisfação ou até por uma infestação de ratos. Quanto ao dinheiro, isso iunclui todas as formas de pagamento disponíveis. Se você vai para o exterior, o assunto é mais delicado. Telefone para sua operadora de cartões de crédito e solicite um cartão internacional, e sempre verifique a possibilidade de comunicação do exterior com seguradoras, bancos e planos de saúde.

Na verdade esses são os pontos que devemos gastar nosso tempo. Os pacotes, roteiros e pontos turísticos são mais flexíveis e sempre mudamos de opinião em cima da hora. Por isso, dobre os meios nos pontos essenciais e garanta uma viagem tranquila. E na verdade uma viagem sem imprevistos acaba se tornando previsível demais. Assim, deixe um espaço para o improviso nos seus dias e confie no tempo que lhe for dado. Afinal, não há nada que renove mais nossa energia que uma aventura completamente segura.


renata

@siga no twitter | Contribua com o Blog! Saiba mais