Chegaê!

Seu portal de notícias, dicas e variedades




Constantes ataques hackers revelam a fragilidade em nossas senhas


Por Luciano Leal | 20 de junho de 2011 | Publicado em: Destaques, Tecnologia

Nos últimos dias o grupo hacker LulzSec vêm dando dor de cabeça a milhares de pessoas.

O grupo é responsável por invadir páginas como da Sony Pictures, SEGA, FBI, CIA, FMI e dezenas de outros sites, roubando milhares de dados de login e logo em seguida divulgando-os em sua página do twitter

Tweet do LulzSec

Depois disso, celebrando seu milésimo tweet, o LulzSec publicou um manifesto reforçando a mensagem de que tudo que fizeram e irão fazer é apenas pelo “lulz”, pela diversão, e de certa forma alertando a todos de que não há segurança na internet e que todos estamos sujeitos a termos nossas contas de Gmail, Facebook ou Skype invadidas sem ao menos tomar conhecimento disso.

Toda essa exposição de logins e senhas acabou nos mostrando que estamos muito vulneráveis e precisamos criar senhas mais fortes.

Hoje em dia, quando tentamos criar login em algum site a grande maioria deles nos alerta se a senha é muito frágil e fácil de ser roubada, chegando em alguns casos a obrigar o usuário a refoçar sua senha inserindo letras e caracteres para que o login seja concluído.

Todo esse esforço que visa a segurança do usuário parece não ter sido muito efetivo, pois de acordo com uma análise feita em cima dos 62 mil logins divulgados pelo LulzSec a senha mais comum utilizada pelos usuários era “12345”.

O mais preocupante é o fato de que geralmente as pessoas utilizam a mesma senha em mais de um site e como se não bastasse muitas dessas pessoas possuem uma única senha para todos os sites.

Portanto é bom termos mais cuidado na hora de criar nossas senhas porque quanto mais simples e re-utilizada ela for, mais fácil seremos alvos de crackers.

Depois não adianta chorar e reclamar que teve sua conta do Twitter ou Facebook “hackeada”


Luciano Leal
Gente boa que promove a paz aonde passa.
@siga no twitter | Contribua com o Blog! Saiba mais