Chegaê!

Seu portal de notícias, dicas e variedades




CATAPORA – TRATAMENTO, SINTOMAS


Por Administrador | 7 de junho de 2012 | Publicado em: Saúde

CATAPORA

A catapora é uma doença bastante comum entre as crianças, porém, elas não são a única vítima, adultos que não tiveram a doença, podem estar sujeitos a ela quando entram em contato, pois se trata de uma ação infecciosa, fácil de ser transmitida.

Para aqueles que não entendem como ela funciona, entenda que se trata de um vírus que se manifesta pelas vias respiratórias, sendo esta a forma na qual é adquirida, ou seja, não apenas por encostar-se à pessoa, mas sim por respirar próximo a quem esta doente. Apesar de muitos acreditarem que os sintomas estão relacionados apenas as bolinhas e manchas que aparecem na pele, é um pouco mais complicado do que isto.

Há até países que registram mortes causadas pela catapora, e isto se dá ao fato justamente pelo fato de se tratar de ser obtida atráves das vias respiratórias, então as possíveis complicações são: otite, pneumonia, bronquite, e muitas outras, portanto, após o tempo de encubação, antes de se manifestar, o que pode levar cerca de 10 a 11 dias. E quando se manifesta desconforto, dores de cabeça, febre e as famosas manchas.

CATAPORA TRATAMENTO

O tratamento inicial indicado é obter o controle dos sintomas, ou seja, analisar o quadro do paciente se apresenta tosse forte, congestão nasal forte, além da febre e manchas. Ou seja, é importante que se faça o alívio deste, mas sempre que notar que há algo errado, procure buscar auxilio de um profissional da área de saúde, para que este antes de mais nada possa diagnosticar o caso do paciente.

Na maioria das vezes, a catapora é tratada com remédios para o controle da febre, caso haja, e talco mentolado nas manchas que provocam grande coceira, e quando estas são coçadas, poderão deixar cicatriz na pele para sempre. Há também nas farmácias outras soluções que tem como objetivo apenas aliviar a coceira, esta que pode ser considerada como bastante forte e até mesmo incontrolável.

Para o caso de crianças, como elas não entendem o motivo de não coçar a região afetada, que pode ser o corpo inteiro (rosto, tronco, partes intimas, pernas e pé), o ideal é que deixe o pequeno com as unhas cortadas ou então coloque luvinhas, e utilize o talco mentolado sempre que notar que há coceira.


Administrador

@siga no twitter | Contribua com o Blog! Saiba mais