Chegaê!

Seu portal de notícias, dicas e variedades




Como ser legal na Internet


Por Tomas de Bruce | 19 de agosto de 2011 | Publicado em: Destaques

Destaques: Como ser legal na Internet - 610 × 458

Confira um incrível tutorial de como ser superlegal com os outros online.

Já que hoje em dia todo mundo é muito legal na Internet, resolvi postar esse tutorial para você, que não é tão legal assim mas que deseja entrar na crista. Antes, você terá que identificar os legais: já o fez? São aqueles caras que sempre tem opiniões “engraçadas” sobre tudo, sempre elogiam usuários que aparentam ser do sexo feminino, repassam correntes como se fosse salvar o mundo e dentre outras. Curtiu? Então confira a lista abaixo de como ser legal na Internet.

    10 passos para ser legal na Internet

  • 1 – Escolha alguém mais popular do que você e comece a elogia-lo sem parar. Sério, elogie tudo o que o cara fizer, desde trabalhos pessoais até flatulências notórias. E claro: sempre critique o que ele criticar.
  • 2 – No Facebook, curta tudo o que os outros escreverem. Sim, mesmo se a sua prima acabar de postar que a sua tia-avó Bertulina acabara de falecer. Você não está nem aí, you liked it.
  • 3 – No Twitter, sempre dê RT manual e, ao fazê-lo, sempre adicione um comentário engraçadinho ou infame. De preferência, com cunho sexual ou denegrindo sua própria imagem.
  • 4 – Entre em agregadores de links gringos e comece a postar na Internet, para que os outros pensem que você é conhecedor de outras línguas. Mesmo geral sabendo que você acha que “verb to be” é uma nova bebida.
  • 5 – Quando uma garota disser que não está se sentindo satisfeita com o seu corpo, puxe velhas e antigas cantadas do fundo do seu baú emocional. Se você souber “aquela” que fez a sua avó gostar do seu avô, é melhor.
  • 6 – Critique o que a maioria gosta. E é claro: sempre criticando gostos alheios.
  • 7 – Se cadastre em todas as redes sociais que existir e divulgue seus “perfis” por aí, só para parecer que você realmente usa aqueles sites.
  • 8 – Diga que aquilo aconteceu por causa do Anonymous.
  • 9 – Faça de conta que você realmente se importa com Ativismo na Internet
  • 10 – Faça geral acreditar que tudo que acontece na sua vida ou é extremamente chato, ou extremamente legal.

Na verdade essas dicas foram elaboradas pelo padrão do “Legal” que os próprios usuários de Internet estabeleceram para si próprios, por meio de redes sociais ou qualquer outra plataforma de interação social. Acha que dá pra ficar legal na internet com esse post? Então divulgue para seus amigos! 😉


Tomas de Bruce
Superhéroi da Internet que entende de tudo um pouco. Conselheiro amoroso com ênfase em grandes decepções. Tem algum problema? Fale comigo!
@siga no twitter | Contribua com o Blog! Saiba mais