Chegaê!

Seu portal de notícias, dicas e variedades




Lendas Urbanas Assustadoras


Por Tomas de Bruce | 11 de agosto de 2011 | Publicado em: Curiosidades

Lendas Urbanas Assustadoras

pequenas lendas e histórias que davam muito medo

Eu, graças a Deus, tive uma infância normal. Cresci com brincadeiras antigas e assim me divertindo muito. É claro que tinha a parte assustadora da idade, que naquela época era ouvir as lendas urbanas assustadoras que o vizinho sempre dizia. Toda noite sentávamos lá e o Seu Ademir (que depois de sua morte, ganhou sua própria lenda) contava pra gente várias e várias lendas, tais como:

O Velho do Saco
-
Uma das lendas urbanas mais famosas e uma das mais assustadoras, para as crianças, é claro. O velho do saco é um senhor muito velho, com a roupa surrada, que andava vagando pelas ruas atrás de crianças, principalmente as desobedientes.

A Mulher de Branco
-
A Mulher de Branco era uma mulher que fora abandonada por seu ‘marido’, no altar. Parece que a decepção foi tão grande que ela se matou. E tem o costume de aparecer, na madrugada, atrás de um homem que não fosse capaz de abandoná-la no altar. Muita gente já afirmou ter visto tal entidade, e tem outras que não gosta nem de tocar no assunto!

O Homem da Seringa
-
Essa Lenda Urbana, pelo que parece, infelizmente não é mentira. Lá nos anos 90 (quando eu era criança), eu lembro de ter visto uma notícia aonde dizia que um homem com uma seringa infectava com HIV, estava ‘picando’ pessoas aleatoriamente, a fim de passar a doença para todo mundo. Foi a que mais me assustou antigamente (e ainda assusta um pouco)

O que é uma Lenda Urbana?

Lendas Urbanas são pequenas estórias sobre algo ou alguma coisa, na maioria das vezes de caráter fictício, que circulam pela População como sendo verdade ou até mesmo “um amigo de um amigo meu me disse e/ou viu”.

Você acredita ou acreditava nessas coisas? Deixe nos comentários a sua opinião e/ou sua Lenda Urbana.


Tomas de Bruce
Superhéroi da Internet que entende de tudo um pouco. Conselheiro amoroso com ênfase em grandes decepções. Tem algum problema? Fale comigo!
@siga no twitter | Contribua com o Blog! Saiba mais